A Arquitetura Em Tempos De Disrupções

A Lei de MOORE, está chegando na indústria da construção como um tsunami. ” …quando Gordon E. Moore fez sua profecia, na qual o número de transistores dos chips teria um aumento de 100%, pelo mesmo custo, a cada período de 18 meses. Essa profecia tornou-se realidade e acabou ganhando o nome de Lei de Moorewikipedia. 

Nada poderia nos alertar minimamente, para as consequências profundas que iriam imprimir em todos os aspectos de nossas vidas. Um mero componente, que tem como única função escolher, em determinada condição, entre um sim e um não ou um 0 e um 1 ou talvez, um ser ou não ser. 

A miniaturização desses transistores, esses componentes que, em profunda colaboração, apinhados em números de quantidades que rumam ao infinito, no espaço de um único grão de areia, como uma metáfora sintética de nossos próprios cérebros, nos fizeram acumular conhecimentos, deixá-los disponíveis a qualquer momento em todo lugar. Geramos dados como nunca e de forma cumulativa. A combinação desses dados gerados e processamento desses dados se retroalimentam num espiral crescente, resultando numa força transformadora para a humanidade absolutamente sem precedentes. Vivemos mais, mais confortavelmente, produzimos mais alimentos, nos comunicamos e nos movimentamos muito mais. 

Sim, temos muitos problemas, não construímos estações de tratamento de efluentes na mesma velocidade que os produzimos. Não geramos habitações e postos de trabalho que demanda a crescente população, fruto de índices de mortalidades que só diminuem e sistemas de saúde que tornam a vida das pessoas, mais longas e com maior capacidade de permanecer produzindo. Estas tragédias contemporâneas estão em nossas telas onipresentes, onde quer que estejamos e nos causam a sensação de um mundo em agonia. Impossível não ter compaixão. As estatísticas que mostram a crescente diminuição da população vivendo abaixo na linha de pobreza não dizem absolutamente nada, pois um único  humano que viva nessa condição é intolerável.

O setor da construção é parte importante para solução destes problemas e para perseguir índices disruptivos de qualidade e produtividade é fundamental o uso intensivo de tecnologias tão poderosas. 

A indústria da construção tem historicamente ganhos de produtividade e qualidade agregada muito abaixo de nossas fábricas, agricultura industrial e o varejo, mas agora temos a oportunidade de incorporar neste setor, que consome quase 15% das riquezas produzidas anualmente, segundo o Mckinsey Global Institute, a combinação de 3 tecnologias que vão mudar o jogo nesta indústria:

  • BIM – Modelagem da Informação da Construção
  • GIS – Sistema de Informação Geográficas
  • Desenho Generativo

Bigdata, capacidade de processamento, inteligência artificial. estão na base destas tecnologias que mudam a forma de planejar, conceber, projetar, construir, manter e gerir as construções, numa agenda que se estende do sonho à memória

É exatamente isso, as construções estarão encaminhando para um processo de crescente incorporação de dados, de análise baseada em algoritmos, que estarão definindo parâmetros precisos de conforto térmico e luminoso, por ex, ensaiar numa ampla quantidade de configurações, as que alcançam os melhores desempenhos, proporcionando muito mais conforto com muito mais economia para construir, manter e potencializar seus usos. Nossas entregas como profissionais da construção serão muito mais tecnológicas, previsíveis e trabalharemos com margens de erro que lembrarão o “qualidade total”, o mantra da manufatura há várias décadas atrás.

Difícil de saber se Gordon Moore, esse engenheiro químico americano, fundador da INTEL, que produz a maioria dos processadores de nossos computadores, poderia imaginar o alcance das transformações que sua fala profética, iria implicar em nossas vidas. Ainda mais impressionante, chips quânticos, já funcionam em caráter experimental e estão promovendo a disrupção da disrupção. Portanto, o ferramental de mudança está disponível e tem muito por fazer.

2 Comments

    1. muito bom. tenho trabalhado em um portal de modelagem BIM, aqui no Brasil. estarei postando com regularidade em + 10 dias. bom ter vocÊ como leitor. abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *